LOGIN DE MEMBROS

Fundo
 
Facebook
Instagram
YouTube
MEO Kanal
Twitter
PRÓXIMAS ACTUAÇÕES
Não há actuações brevemente
SEGUE-NOS NO FACEBOOK
CD PARA LÁ DOS PALCOS
Para lá dos palcos
NEWSLETTER TEUP
Para subscrever a nossa newsletter por favor introduza o seu e-mail:
HISTORIAL

Nasce a 7 de Novembro de 1988. O Rio Douro, os barcos rabelos, os monumentos, as ruas, o ressurgir das Tradições Académicas, fazem com que a Urbe reconheça o seu peso histórico, Berço ideal para que, inspirados pelo romantismo e beleza da Cidade Invicta, se concretize um velho sonho:


a Tuna de Engenharia da Universidade do Porto!


Sendo a segunda Tuna mais antiga da Cidade do Porto e a primeira exclusiva de uma Faculdade é pois, precursora do fantástico movimento musical que entretanto se gerou. A formação de Tunas na maioria das Universidades, Faculdades e Institutos da Academia do Porto e do resto do País, assim como os sucessivos Festivais e Encontros de Tunas são disso prova.

Tem por apanágio o convívio são, boémio e com cantigas que deleitam. Ponto de encontro de amizades, com chatices à mistura, revela um espírito peculiar pela motivação e empenho que deve reger o seu comportamento.


Pela Praxe: disciplina e educa.
Pela Música: instrui e diverte.
Pelo Espírito: é perseverante e lutadora.

Complementar de uma vida estudantil exigente, é o escape e a distracção, sendo uma forma saudável de estar na Universidade. Os magros patrocínios que lá vão chegando evitam, por vezes, que cada um despenda do seu próprio bolso. Sem fins lucrativos, apenas a troco de transporte, dormida e uma boa jantarada, fazem as malas e seguem para mais um espectáculo. Ao todo já somam mais de uma centena por essas cidades do país e do estrangeiro. Com actuações na Alemanha, Holanda, Bélgica, França, Espanha, Inglaterra e Brasil, assim como nos Arquipélagos dos Açores e da Madeira.

As suas canções ficaram marcadas no tempo, no disco que a Tuna editou na Queima de 93, e no CD "Para lá dos Palcos" editado em Março de 2007, contendo clássicos da TEUP como "Só um beijo" ou "Ojos de España", até instrumentais como as "Czardas" de Monti ou "Peer Gynt" de Grieg.

O carinho que toda a Academia lhe dedica, é a razão de ser dos sucessivos convites para as diferentes actividades académicas, e outras, que lhe têm sido dirigidos. A Tuna de Engenharia da Universidade do Porto, será sempre uma presença certa no meio universitário, nas ruas do Porto, em serenatas às donzelas e no coração de quem por ela passou e irá passar.