LOGIN DE MEMBROS

Fundo
 
Facebook
Instagram
YouTube
MEO Kanal
Twitter
PRÓXIMAS ACTUAÇÕES
Não há actuações brevemente
SEGUE-NOS NO FACEBOOK
CD PARA LÁ DOS PALCOS
Para lá dos palcos
NEWSLETTER TEUP
Para subscrever a nossa newsletter por favor introduza o seu e-mail:
NOTÍCIA
TEUP no XIX Tágides
13 Março 2011

Março chegou com a promessa de um grande festival realizado abaixo do rio Tejo, festival esse cujo passado e tunas envolvidas fez com que os dias que o antecedem fossem riscados impacientemente do calendário na esperança que este chegasse mais depressa. Referimo-nos obviamente ao XIX Tágides,

organizado pela anTUNiA e que aconteceu na cidade de Almada nos passados dias 11, 12 e 13 de Março.

As actividades começaram na noite de sexta-feira, com a noite de Serenatas e festa de recepção às tunas no Renhau-nhau, que, apesar da animação que se vivia, terminou mais cedo para a TEUP: um membro da tuna, já engenheiro e trabalhador, sucumbiu ao cansaço de uma semana intensa de trabalho e adormeceu num sofá da discoteca, o que originou na sua expulsão do local sem espaço para argumentos. A TEUP pode levar para um festival 70 elementos, mas todos funcionam como um, para o bem e para o mal, e assim será, enquanto os ideais sobre os quais a TEUP foi formada se mantiverem. Rapidamente os restantes elementos se juntaram a ele no exterior. A diversão continuou pelas ruas de Almada e essa noite não será esquecida, pelos bons motivos, obviamente. Devemos é deixar presente o aviso: se for ao Renhau-Nhau tenha cuidado, os sofás são demasiado confortáveis.

Sábado acordou solarengo e assim se manteve durante todo o dia, ajudando para animar ainda mais todos os envolvidos neste festival. Mal se tinha saído do sítio onde a tuna dormiu e já uma serenata tinha sido feita, para encanto das meninas a quem ela se dedicou. De seguida, a Academia Almadense, espaço onde o espectáculo musical iria acontecer nessa noite, foi ponto de partida e meta para os Passe-Calles, onde as tunas participantes desfilaram pelas ruas de Almada e espalharam a sua magia, ou seja, muita música e animação, por todos aqueles que por lá andavam!

A noite caiu e com ela chega a hora da nossa actuação no palco de uma Academia Almadense a rebentar pelas costuras. As músicas levadas a palco foram O Fortuna, Porto na Memória, Czardas, Festa da Vida e Hoy.

Deu ainda tempo para assistir à actuação da anTUNiA e ver em primeira mão a apresentação do seu novo instrumental, que foi do agrado de todos nós!

No fim, o Júri deliberou e a TEUP trouxe para casa o prémio de Melhor Estandarte! A festa continuou e só parou quando o autocarro chegou ao Porto, no fim da tarde de Domingo.

Os nossos parabéns a todas as tunas envolvidas por abrilhantarem o ambiente que se viveu, prova que à rasca ou não, esta geração ainda sabe proporcionar a todos excelentes momentos que um futuro brilhante deixam prever. Um muito obrigado às nossas guias pela dedicação e paciência que nos

dedicaram! E, claro, sem esquecer, um agradecimento profundo à anTUNiA por este belíssimo festival! Para o ano, se pudermos, aí estaremos em Almada de novo!