LOGIN DE MEMBROS

Fundo
 
Facebook
Instagram
YouTube
MEO Kanal
Twitter
PRÓXIMAS ACTUAÇÕES
Não há actuações brevemente
SEGUE-NOS NO FACEBOOK
CD PARA LÁ DOS PALCOS
Para lá dos palcos
NEWSLETTER TEUP
Para subscrever a nossa newsletter por favor introduza o seu e-mail:
NOTÍCIA
TEUP no IX “Terras de Cante”, em Beja!
14 Novembro 2011

Nada melhor para quebrar o stress da vida de um aspirante a Engenheiro do que passar um fim de semana numa tranquila cidade Alentejana. O único problema neste pensamento é que durante o fim de semana em questão, a tranquilidade da pacata cidade de Beja foi positivamente abalada pela IX edição do “Terras de Cante”, festival da Tuna Universitária de Beja.

O festival começou na sexta feira, 11 de Novembro, com a II Monumental Serenata, realizada na Igreja da Misericórdia. A TEUP interpretou três temas de elevado poder sentimental, começando pelo instrumental “Celta Israelita”, seguido pelo tango “Pasión”, de Rodrigo Leão, e pela nossa serenata original, “Só Um Beijo”, encantando todas as donzelas presentes e sendo obviamente a elas dedicados estes temas. Terminada a serenata, nada como festejar as recém criadas paixões na festa de inauguração do festival, realizada no Bar Académico.

No dia seguinte, a Praça da República, centro histórico da cidade, foi animada no início desta solarenga tarde de Sábado pela presença das tunas participantes, que desfilaram e encheram o ambiente de música, para deleite de todos os presentes! De seguida, as tunas foram recebidas pelas entidades oficiais no Salão Nobre da Câmara Municipal de Beja.

O epicentro deste festival viria a passar-se nessa noite, no Teatro Pax Julia, quando as tunas subiram a palco tendo em mente o objectivo de mostrarem todo o seu potencial. Respondendo a esse chamamento, a Tuna de Engenharia interpretou a imponente “O Fortuna”, da cantata Carmina Burana, seguida da homenagem à cidade do Porto, “Porto na Memória”, original do grupo tripeiro Vozes Trinadas. Calando por pouco as vozes para um tema instrumental, foi interpretado o tema “Czardas” de Monti. A nova música da TEUP, “Nome de Rua”, cujo arranjo é baseado na música dos “Amália Hoje” foi a música que antecedeu o último (e mais aguardado) tema, “Hoy”!

No fim da noite, deliberados os prémios, a TEUP trouxe para casa o galardão de 3ª Melhor Tuna. Libertos da tensão de estar em palco, era hora de festejar os prémios e as tunas assim o fizeram, celebrando noite adentro no Bar Académico e no Ritual Bar.

A TEUP chegou a casa Domingo ao final da tarde, com o sentimento de dever cumprido e com o espírito preenchido pelas boas memórias deste festival.

Esperamos voltar para o ano!