LOGIN DE MEMBROS

Fundo
 
Facebook
Instagram
YouTube
MEO Kanal
Twitter
PRÓXIMAS ACTUAÇÕES
Não há actuações brevemente
SEGUE-NOS NO FACEBOOK
CD PARA LÁ DOS PALCOS
Para lá dos palcos
NEWSLETTER TEUP
Para subscrever a nossa newsletter por favor introduza o seu e-mail:
NOTÍCIA
Digressão em Grande!!...
2 Novembro 2004

Já terminou a digressão que a TEUP fez por terras francesas, nos passados dias 28 de Outubro a 2 de Novembro. Apesar da sua curta duração, a viagem revelou-se bastante produtiva, tal foi o convívio com as comunidades portuguesas de Lyon, St. Etienne e Trevoux.

A partida para a looooonga viagem deu-se pelas 22h00 do dia 28 de Outubro, e a Rádio TZ não deixou esmorecer o ânimo da tuna, que tomou conhecimento das mais fantásticas e bizarras ocorrências do mundo da Coca-Cola com whisky, ao longo de 23 horas de serviço noticioso de inegável gabarito, por vezes interrompido para a ocasional corrida às 'toilettes' das estações de serviço.

Chegada à Cidade de St. Etienne, a TEUP estabeleceu-se num dos luxuosos hoteis 'Formule 1', onde pousou as malas e dormiu uma merecida sesta de meia horita. Após uma animada peladinha, esperava a TEUP um faustoso menu, no Centro Boris Vian, que a tuna deglutiu ao longo de escassos sete minutos e meio. Ou a pizza era boa, ou estávamos mesmo cheios de fome!

A noite colocava o primeiro desafio: sair ou dormir!

Após longas dissertações acerca do quanto a chuva molha e como é difícil acordar pelas 8h00 da manhã, a TEUP rumou ao Copacabana, onde viria a travar conhecimento com duas criaturas ferozes, que tentaram 'devorar' o aprendiz de serviço, que se sacrificou para garantir a sobrevivência dos demais elementos da tuna! E quem lá esteve, é quem lá esteve...

Chegava a madrugada, e havia que partir para o 'Formule 1'. Durante a noite, a tuna viria a travar conhecimento com os demais hóspedes, amabilíssimos como seria de esperar de alguém que é acordado a meio da noite por 25 jovens efusivos, todos vestidos de preto.

O dia 30 começou com uma visita às minas de carvão de St. Etienne, onde se chegou (pasme-se) a actuar a 100 metros de profundidade, feito inédito até à data! A visita ficou marcada pela versão do instrumental dos 'Salteadores da Arca Perdida', tocado a bordo dos carros de transporte de carvão, com direito a capacete de segurança e tudo! Culminando a visita, foi a vez de um caloiro se estrear a solista, arrancando sorrisos de orelha a orelha na cara dos restantes tunos, tal foi a prestação!

Seguiu-se um verdadeiro manjar, novamente no Centro Boris Vian, onde se provou de toda a gastronomia francesa, destacando-se os queijos da região e um deliciosíssimo quiche. A tarde foi bem passada, entre guitarradas e visitas à cidade, onde se visitaram os sítios mais típicos e se orquestrou uma 'perseguição à Guia'.

Acabada de cair a noite, era altura de rumar ao restaurante 'Os Três Velhotes', que brindou a tuna com uma jantarada à portuguesa, apreciada ao som dos acordes do fado. Seguiu-se a primeira grande actuação da digressão, numa sala repleta de luso-descendentes, encabeçados pelas altas patentes da diplomacia portuguesa em França. A receptividade foi notável, culminando-se a actuação com uma sentida versão a 9 vozes do hino nacional, interpretado a meias com os locais.

Após a actuação, a festa foi rija, e novamente o aprendiz de serviço se pautou pela heroicidade, ao salvar uma donzela em apuros com uma respiração boca-a-boca, ao longo de esforçadas horas. Os motoristas, exemplares como sempre, desapareceram para o tasco mais próximo, onde diziam encontrar o melhor sítio para descansar...

Mais um dia se seguia, e mais uma vez a tuna acordava às 8h00 da matina. Fresquinhos como uma alface, os tunos partiram para Lyon, onde visitaram os sítios mais marcantes, como aquela praça enorme onde havia uma loja de 'souvenirs', e aquela basílica lá ao fundo nos montes. Finda a visita, era hora de correr para Trevoux, onde aguardava a TEUP mais uma refeição servida com muito amor e dedicação dos emigrantes portugueses.

Pela tarde visitou-se o Castelo de Trevoux, outrora um importantíssimo entreposto comercial francês, e onde se deu oportunidade de serenata, cantando o 'Só Um Beijo', num passe de mágica, desapareceu toda a tuna! Este talento oculto da TEUP aguarda ainda a confirmação com meios audio-visuais, presentes na altura do fantástico acontecimento.

Ainda antes da actuação em Trevoux, cada tuno seguiu para a casa da sua família de acolhimento, onde o esperava um delicioso frango do campo, guarnecido com batatas fritas e arroz, bem regado com um delicioso Vinho do Reno, e complementado com uma tábua de queijos deveras deliciosa.

Pouco depois a tuna entrava em palco, apresentando um pouco da cultura musical de Portugal e do Mundo aos locais, num espectáculo que viajou desde o sentimentalismo do fado até aos ritmos quentes da América do Sul.

A festa de despedida foi de arromba, durando até às tantas, entre muito convívio e 'loiras' de índole diversa.

Noutro ponto da cidade, alguns elementos da tuna conseguiram o feito de re-abrir uma discoteca já encerrada, onde uma linda donzela mostrou quão românticas as francesas conseguem ser, em expressões como: 'a la chien' ou 'olalá'.

Pela manhãzinha, a tuna tomou um pequeno-almoço, para retemperar forças, e seguiu para mais uma interminável odisseia, rumo à Cidade Invicta. A Rádio TZ não funcionou, desta vez, cabendo a animação aos 557 filmes do consagrado Jackie Chan, que alternaram no televisor com a segunda metade do bonequinho verde 'Shureko'.

E mais, agora, só para a próxima.

Um grande abraço a todos aqueles com quem contactámos, e principalmente para as lindas donzelas que nos acompanharam em praticamente todo o percurso.